Apesar de percalços no meio do caminho, piloto mineiro conseguiu chegar a Palmas (TO) nessa quinta-feira, dia 23, e a partir de hoje entra na segunda metade da edição mais difícil do evento. | Lana Racing

Apesar de percalços no meio do caminho, piloto mineiro conseguiu chegar a Palmas (TO) nessa quinta-feira, dia 23, e a partir de hoje entra na segunda metade da edição mais difícil do evento.

A Lana Racing teve ontem mais um dia longo e exaustivo no 20º Rally dos Sertões, mas conseguiu cumprir a quinta etapa da prova. Marco Tulio Lana e Leonardo Magalhães chegaram em quarto lugar na categoria Production T2, com 3h09min45s. O percurso dessa vez foi entre Carolina (MA) e Palmas (TO), com 472km sendo 188 de especial.

 

Mas não foi fácil para a dupla cruzar a linha de chegada: “Primeiro estouramos um pneu e depois o freio falhou. Paramos e depois ele voltou a funcionar sozinho e melhor do que estava! O problema é que nisso daí perdemos uns sete minutos. Seria um tempo bom pra subir mais na tabela, mas só de chegar tá ótimo!”, declara Marco Tulio.

 

Nesta sexta-feira, dia 24, os 42 carros restantes no grid vão enfrentar a segunda maratona do Sertões, entre Palmas (TO) e Alto Parnaíba (MA). O trecho é o mais longo desta edição, com 680km no total, divididos entre 468km de trecho cronometrado e 212km de deslocamentos. Apoio mecânico agora só no final do dia deste sábado: “Pra este tipo de etapa, o trabalho dos mecânicos dura mais que o normal. A revisão tem que ser minuciosa, pois vamos enfrentar uma especial longa e o carro tem que aguentar dois dias sem apoio mecânico. Só eu, o Leo e o carro até sábado”, explica o piloto mineiro.

 

A partir desta segunda metade do 20º Rally dos Sertões, a dupla do carro #229 é a única que representa o estado de Minas Gerais no evento. Uma equipe de caminhões já cumpriu sua meta de disputar os quatro primeiros dias. Dos carros, uma das quatro duplas que abandonou o Sertões também era mineira. “Responsabilidade grande, mas vamos cumprir com raça e determinação, como em todos os anos. É lamentável ver esta baixa de carros e metade do grid cumprindo algumas etapas, como foi nos três primeiros dias. Este Sertões está sendo o mais pesado que já competi em seis anos e dizem que a segunda maratona vai ser pior. Às vezes seria melhor termos um rali menos ‘quebradeira’ para o grid continuar cheio e a disputa ser maior a cada dia”, opina Marco Tulio Lana. O 20º Rally dos Sertões vai percorrer no total 4.840km de São Luís (MA) a Fortaleza (CE). A prova dura dez dias, neste ano entre 19 e 28 de agosto.

 

Resultado extra-oficial da quinta etapa – categoria Production T2

1º) #239 Marcos Cassol e Felipe Eckel – 2h50min13s

2º) #240 Paulo Cesar Bertolini e Anderson Bertolini – 3h03min34s

3º) #258 Glaucio Vanderlide e Idali Bosse – 3h03min39s

4º) #229 Marco Tulio Lana e Leonardo Magalhães – 3h09min45s)

5º) #217 Nadimir Oliveira e Filipe Bianchini – 3h17min34s

6º) #238 Rodrigo Cardoso e Cristiano Antonio Rocha – 3h23min05s

7º) #230 Pedro Prado Filho e Joá Bicudo – 3h38min42s

 

Acumulado após cinco etapas – categoria Production T2

1º) #240 Paulo Cesar Bertolini e Anderson Bertolini – 14h41min50s

2º) #258 Glaucio Vanderlide e Idali Bosse – 15h25min15s

3º) #239 Marcos Cassol e Felipe Eckel – 20h17min20s

4º) #217 Nadimir Oliveira e Filipe Bianchini – 20h57min43s

5º) #230 Pedro Prado Filho e Joá Bicudo – 25h27min27s

6º) #229 Marco Tulio Lana e Leonardo Magalhães – 25h43min28s

7º) #238 Rodrigo Cardoso e Cristiano Antonio Rocha – 36h45min10s

 

Acompanhe todas as notícias e o dia a dia do piloto Marco Túlio Lana pelo site www.marcotuliolana.com.br e pela fan page www.facebook.com/rallylanaracing.

 

Programação 20º Rally dos Sertões

1ª etapa – domingo 19 de agosto

São Luís (MA) a Barreirinhas (MA)

Deslocamento inicial: 134km

Trecho cronometrado: 176km

Deslocamento final: 55km

Total do dia: 365km

 

2ª etapa – segunda-feira 20 de agosto

Barreirinhas (MA) a Bacabal (MA)

Deslocamento inicial: 1km

Trecho cronometrado: 148km

Deslocamento final: 365km

Total do dia: 514km

 

3ª etapa – terça-feira 21 de agosto (etapa maratona)

Bacabal (MA) a Barra do Corda (MA)

Deslocamento inicial: 106km

Trecho cronometrado: 19km

Deslocamento final: 365km

Total do dia: 274km

 

4ª etapa – quarta-feira 22 de agosto

Barra do Corda (MA) a Carolina (MA)

Deslocamento inicial: 8km

Trecho cronometrado: 309km

Deslocamento final: 206km

Total do dia: 523km

 

5ª etapa – quinta-feira 23 de agosto

Carolina (MA) a Palmas (TO)

Deslocamento inicial: 3km

Trecho cronometrado: 188km

Deslocamento final: 281km

Total do dia: 472km

 

6ª etapa – sexta-feira 24 de agosto (etapa maratona)

Palmas (TO) a Alto Parnaíba (MA)

Deslocamento inicial: 207km

Trecho cronometrado: 468km

Deslocamento final: 5km

Total do dia: 680km

 

7ª etapa – sábado 25 de agosto

Alto Parnaíba (MA) a Bom Jesus (PI)

Deslocamento inicial: 35km

Trecho cronometrado: 277km

Deslocamento final: 55km

Total do dia: 368km

 

8ª etapa – domingo 26 de agosto

Bom Jesus (PI) a Petrolina (PE)

Deslocamento inicial: 3km

Trecho cronometrado: 335km

Deslocamento final: 289km

Total do dia: 627km

 

9ª etapa – segunda-feira 27 de agosto

Petrolina (PE) a Iguatu (CE)

Deslocamento inicial: 62km

Trecho cronometrado: 143km

Deslocamento final: 355km

Total do dia: 560km

 

10ª etapa – terça-feira 28 de agosto

Iguatu (CE) a Fortaleza (CE)

Deslocamento inicial: 184km

Trecho cronometrado: 103km

Deslocamento final: 170km

Total do dia: 457km

 

 

A Lana Racing tem o patrocínio de Insano Energy Drink, Diamond House, Andrade Têxtil, Infoex e Revista Planeta Off-Road. Apoio: Transcapuxin.

Voltar

Patrocinadores